Educação Financeira: A solução para o aumento da inadimplência no Chile

Com base no último Relatório de Estabilidade Financeira (IEF) do Banco Central, o resultado não foi muito positivo para o país, e é que aumentou a inadimplência no Chile, devido a um contexto de menor dinamismo da atividade e do emprego.
Além disso, um relatório da Superintendência do Banco e Instituições Financeiras (SBIF), publicado pelo emol.com ela revelou que no Chile há 700 mil devedores hipotecários e 1,5 milhões de devedores de crédito de consumo. Por esta razão, é importante possuir uma boa educação financeira para evitar dívidas desnecessárias e só ter dívidas boas como o é o de investir em uma propriedade.
O relatório do Banco Central acrescentou que o mercado imobiliário residencial continua ajustando-se, depois de apresentar um elevado dinamismo. Diferentes indicadores do setor imobiliário residencial dão conta de uma desaceleração, em linha com a evolução da situação económica como com as alterações fiscais e legais discutidos no IEF-requisitos.
Devido a estes dados, Rádio Bio Bio Valparaíso, entrevistou o nosso CEO, Cristian Lecaros, com o fim de explicar o que está ocorrendo no país no que diz respeito à educação financeira e o nível de inadimplência.
Escuta a entrevista completa aqui!

Posted in Sem categoria