Dicas para empreender em investimentos imobiliários com sucesso

Você sabia que os imóveis são um dos poucos bens de investimento, que normalmente não são desvalorizan ao longo do tempo? Normalmente, ao ser a terra um bem finito não é possível aumentar a oferta de imóveis de forma infinita, somado às restrições do plano regulador por comuna, devemos prestar atenção a algumas dicas para empreender antes de atrever-se a investir e procurar maximizar os resultados.
Como Comprar em verde ou comprar em branco?
Muitas pessoas compram casas “verde”, ou seja, assinam um contrato de compra e venda, sem que ainda esteja terminada a construção da propriedade. Este pode ser um dos bons conselhos para empreender, já que os custos reduzem-se amplamente ao comprar nesta modalidade versus a ter a propriedade terminada.
Olho, há que ter cuidado com o saber diferenciar o modo de as compras “em branco”, ou seja, onde já existe a permissão e o terreno para a construção, mas o seu início ainda não se leva a cabo. Se comprar em branco é consideravelmente mais barato do que comprar em verde, existem alguns riscos, por isso é importar aconselhar-se com empresas de prestígio na área e anos de experiência no mercado. Normalmente, quanto mais cedo o projeto imobiliário onde investir, melhor será o efeito de mais-valia “Patrimonial” do meu investimento.
Investigar a área
Outra dica para iniciar com investimento imobiliário anda de mãos dadas com o setor em que pretende investir. Neste sentido geral, quanto mais consolidada for a área onde você quer investir, menores serão as rentabilidades que poderei obter, dado que o prémio de risco é baixa. Caso contrário áreas em pleno desenvolvimento, normalmente, têm Capitalizaciones de Mercado mais elevadas. Exemplo perfeito disso é Las Condes, com Cap Rate de 3% mas UF. Versus Estação Central, com Cap Rate de 7% a 8% mais UF, em média.
Arma um orçamento pessoal ou familiar
Antes de investir em imóveis, é necessário que você defina um orçamento para o seu investimento. É muito importante saber o quanto a fluxo mensal disponho para poder cumprir sem problemas, o compromisso mensal do pé para obter finalmente o meu crédito hipotecário. Além disso, considerar os custos operacionais, custos de contribuições trimestrais, mantenciones e eventuais impostos que devo cancelar a ter mais de 2 imóveis, entre outros.
Busca um bom corretor de imóveis
Se você está procurando direcionar o mínimo de tempo para o seu investimento, você deve procurar um bom corretor de imóveis para que ele possa se preocupar em administrar a propriedade, com o mínimo de risco de não pagamento possível, e de gerir todos os possíveis problemas de pós-venda que normalmente acontecem nas propriedades recém-entregues, entre outros.
Comparar a rentabilidade pura do ativo versus o custo do crédito
Para procurar melhorar a rentabilidade do seu dinheiro, você deve avaliar qual é a rentabilidade pura ou ROA versus o custo do interesse de seu banco, se é que você está avaliando a realizar uma operação com crédito hipotecário.
O ROA é medido como o valor de locação por 12 meses, dividido o valor de compra em pesos da propriedade. A este fluxo de receitas devo descontar o pagamento de contribuições, taxas de vaga projetado entre outros. E, em geral, todos os itens que possam descontar receita deste cálculo de rentabilidade, para que, finalmente, teremos um ROA Ajustado.
Ao anterior, de forma simples, devo considerar o percentual de taxa de juro aplicável o banco ou CAI a minha crédito. Se o meu “ROA Ajustado” é superior ao CAIR, em termos simples, faria sentido endeudarme por exemplo, 4%, se o ativo rendimento ajustado em 8%, dado que me levaria um diferencial de 4%.

Posted in Sem categoria

Educação financeira: Evitar golpes e riscos em investimentos imobiliários

À semelhança do que acontece com vários empreendimentos na área imobiliária também tendem a serem fraudes. Tanto projetos associados à habitação dfl2 (casas de menos de 140 m2 de área) como condomínios com altos valores, costumam ser utilizados por fraudadores para demonstrar uma falsa rentabilidade e enganar as pessoas. Por este motivo, antes de investir dinheiro em um projeto imobiliário, é necessário se informar para tomar decisões racionais.
Educação financeira: a importância de se informar
Um dos pontos determinantes na hora de investir em projetos habitacionais de qualquer tipo (sejam eles casas dfl2 ou outras maiores), tem relação com a educação financeira. Isso permite conhecer variantes básicas de um negócio, além de entregar noções sobre a administração dos ganhos. Investir estando informado sempre dar melhores frutos, por isso, devem-se considerar as seguintes variáveis:
Informações e segurança: o pilar mais importante, antes de embarcar em qualquer negócio, é a informação com que se conta. É necessário pesquisar antes de realizar um investimento, para tomar decisões com total segurança.
Rentabilidade: é impossível garantir uma rentabilidade ajustada ao investir em imóveis. Os negócios dependem de muitos fatores e é por isso que não é possível determinar o ganho específica que se receberá ou quando um projeto, efetivamente, começar a dar os números azuis.
Riscos associados: se um suposto parceiro garante que não há qualquer risco associado ao negócio, deve ser considerada como um sinal de alerta. Todos os investimentos têm risco associados e este é um fato natural de qualquer negócio, mais ainda no que diz respeito ao mercado imobiliário.
Diversificar investimentos: para evitar a perda de todo o capital, a melhor decisão financeira é diversificar os negócios. Em palavras simples, trata-se de investir em diferentes projetos e assim certificar-se de não arriscar todo o seu dinheiro em caso de que os resultados não sejam os esperados.
Tanto aqueles que estão em busca de grandes casas ou pessoas que necessitem de casas dfl2, devem informar-se plenamente para prevenir fraudes ou estelionatos, tão comuns em uma sociedade com grandes aspirações e de pouca cultura de negócios. Por este motivo, é de suma importância, não acreditar em histórias de ganhos altos demais e nunca investir todos os fundos em um só lugar.

Posted in Sem categoria

Santiago Centro: Uma comuna econômica para investir

Existem algumas áreas da capital chilena, que por suas características, pode ser uma melhor alternativa para investir em imóveis do que outras, e tal é o caso de Santiago Centro, a uma comuna que se perfila-se como uma excelente opção para quem procura alugar um apartamento, por isso tornou-se um ponto estratégico para os investidores.
A conectividade, a proximidade a pontos necessários, preços e qualidade de vida são alguns dos elementos considerados pelos investidores antes de destinar seu dinheiro em um departamento para aluguel.
A propósito disso, o CEO de Investimento Fácil, Cristian Lecaros, assegura que “Santiago centro é um mercado de aluguel bastante consolidado, e o modelo de investimento imobiliário é sustentada em grande parte sobre esse mercado, onde um departamento bem administrado terá menores taxas de vaga”.
Um dos benefícios de viver em Santiago Centro, é que “tudo perto” e limita-se com este de grande importância na região, além de que tem excelente conectividade e mobilização, fator que repercute de forma positiva na vida dos que lá habitam. Isso permite que jovens casais, como famílias inclinem-se por esta alternativa, e, portanto, investir nesta comuna é uma boa escolha.
Após isso, Lecaros afirma que “a velocidade de aluguel nesta comuna é maior e onde o perfil do locatário foi variando ao longo dos últimos anos, apontando principalmente um perfil jovem profissional, que quer viver perto de seu trabalho, com boa conectividade, etc”.
Por último, com relação ao preço, outro ponto a favor do investidor, conforme explica Lecaros, é que “apesar de que os valores dos departamentos subiram nos últimos anos, ainda existe a possibilidade de que o aluguel seja semelhante ao valor do dividendo, dependendo do pé pago, o prazo, em anos, do crédito, entre outros elementos de interesse”.

Posted in Sem categoria

Região Metropolitana: Equilíbrio no preço dos imóveis

No ano de 2015, houve um boom imobiliário que atingiu níveis históricos no país, os quais, produto da reforma tributária, caíram em 2016. Isto foi confirmado pelas figuras que entregou, a pesquisadora de mercado e de opinião pública, Adimark e que publicou a organização Felizes e Forrados início do ano, com as que demonstravam que havia um recuo nas vendas por volta de 18%.
Mas o mercado tem visto um equilíbrio no preço dos imóveis neste terceiro trimestre de 2016, devido à baixa de construção de novos departamentos, o preço dos terrenos e o IVA, na sequência da reforma tributária. De acordo com dados fornecidos pela consultoria imobiliária Colliers Internacional, e publicado pelo jornal el Mercúrio, do terceiro trimestre de 2015, ao terceiro trimestre de 2016, a quantidade de novos projetos imobiliários têm diminuído 57 por cento, entrando apenas 135 no que vai deste ano.
Fator preço
O relatório Colliers revela dados para a tranquilidade das pessoas que querem investir em imóveis, porque os preços destes mudaram ligeiramente, mantendo-se estáveis em 64 UF/m2.
Por outro lado, os departamentos que concentram uma maior oferta são os que se encontram entre mil a três mil UF com 38,3 por cento e de três mil a cinco mil UF com 24,4 por cento.
Comunas e tipologia
Há comunas da região metropolitana que estão com bons níveis de disponibilidade e nos quais são um excelente lugar para investir. Segundo o relatório, a Colliers, as comunas com maior disponibilidade são Estação Central De 18,2%, São De 13,9%, Santiago 12,8% e San Miguel de 10,9%.
Mas há outras que foram afectadas este ano no preço dos departamentos. É assim como as comunas de Vitacura, Las Condes e Independência aumentaram seus valores entre um 5.7 a um 6.9 por cento.
Mesmo assim, a pesquisa destaca os tipos de serviços mais oferecidos, sendo este fato muito importante para levar em conta no momento de investir em um imóvel.
Os tipos de serviços mais oferecidos são os de 1 quarto e uma casa de banho (21,9%), 2 quartos/2 casas de banho (29,4%), e 3 quartos/2 casas de banho (18,7%).
Gostaria de saber por que são tão ofertados os apartamentos de um quarto? Entra neste artigo e saberá todos os fatores positivos que têm esses imóveis.
Rendimento
Por último, o relatório Colliers prevê que, com menores níveis de consumo, terão menos opções de altas nos valores de casas novas, o que implica que este seja um bom momento para investir, e por sua vez, um excelente cenário para o mercado de projetos de renda mensal, diária e por hora, graças aos baixos níveis de vaga, que mantém o mercado.

Posted in Sem categoria

Que casa é que podemos pagar?

Por algum tempo, nós, colocou a questão da compra de uma casa. Provavelmente, como muitas pessoas em nosso lugar já teria feito este passo, mas temos a vantagem de alugar a um preço muito bom (vivemos em um estúdio de algum conhecimento), em um local que não conseguimos pagar normalmente. Devido à localização, podemos e nós “não podem pagar” para não ter um carro, a coisa mais óbvia benéfico a todos para nossas finanças.

Mas a passo tudo o que vamos fazer em um determinado momento, e eu pensei sobre o que seriam as condições mínimas a considerar que sim, nós podemos pagar o apartamento. São considerações de pessoal, combinado com o de vários blogueiros de finanças pessoais do estrangeiro no qual a leitura dele, um tipo de média.

Como um aparte, antes de expor o mínimo, na minha opinião, eu gostaria de ter em mente que trata-se de uma opinião. Estou ciente de que, para muitos, para usar a 95% da quantidade necessária parece ser uma mera possibilidade. E como pagamento do aluguel em paralelo você chamar de volta. No entanto, eu acredito que se você deixar de recolher um mínimo em paralelo com a locação, não pode pagar uma casa.

O argumento de que caso contrário, você pode ser o proprietário não é muito bom. Não somos obrigados a ser proprietários, se nós não pode pagar. Os riscos da propriedade vs alugar quando as receitas são muito pequenos para permitir-nos de um imóvel são de fácil intuir: se você não pode pagar o aluguel, mover-se em algo mais barato, pode ligar-se com alguns amigos e alugar juntos, passar para o pais… Se você é o proprietário NÃO tem essas opções. Eles convenceram inúmeras pessoas que são agora incapazes de pagar os empréstimos que os bancos colocam seu problema de evacuação.

Aqui estão, de modo que são na minha opinião as condições mínimas para estabelecer que podemos pagar um empréstimo:

Para ter 20% de adiantamento

Se você conseguiu elevar essa quantidade, significa que você vai permitir e pagar taxas a mais longo prazo. Não se esqueça de que provavelmente será em quase toda a sua vida ativa (fora do caso em que você pode aumentar com o avanço – aqui eu estou falando o mínimo de condições), por isso é importante para provar a você, em primeiro lugar, como você pode poupar uma certa quantia.

Se você não coletar esse avanço, ao invés de pensar de outra forma, eles não podem, é melhor tentar aumentar de alguma forma, as receitas, ou encontrar maneiras de cortar gastos.

O crédito não exceda 3 vezes a renda líquida da família

Por exemplo, se você ganhar 10 000 euros esposa e 7.000 euros por ano, o montante máximo que irá permitir que você a tomar emprestado é de 50.000 euros. Para esse crédito, o montante mensal que um ganha os 2 cônjuges tem que ser de 6000 lei.

Há um olhar que raramente eu descobri que o critério para os romanos, mas, por favor, a ter em consideração. Muitos soar excessivo e sofreram.

Pessoalmente, eu ficaria ainda mais conservadora e poderia ir de 2,5 * renda ano a ano, mas 3 vezes é ok.

Um máximo de 20 anos

Esse é um critério pessoalmente, eu sei que existem taxas de pré-pagamento e você pode ir a qualquer momento com uma soma de dinheiro para o banco, mas estou firmemente convencido de que há mais do que 20% do imprumutanti que um e fazer.

Agora estamos em um período de crise e o mundo coloca clara perguntas, mas antes eu não acho que ela estava pensando a respeito de alguém em um período de 30 anos, nós vamos ter que atravessar um ou até mesmo de 2 combates, de que talvez será a anos de reforma, quando talvez a gente vai ser mais difícil encontrar trabalho. Em 20 anos, provavelmente passando por uma crise e está feito com o empréstimo antes do período crítico de 50 , quando a possibilidade de ter dificuldade em encontrar trabalho não é pequeno.

Pessoalmente, novamente, eu me sinto mais confortável com um intervalo de 10, no máximo 15 anos, mas é uma opinião pessoal.

Estou ciente de que possuir um imóvel é uma coisa maravilhosa, mas ao mesmo tempo esta opção, não importa o quão cruel que parece, não é para todos. Você precisa para se sentir confortável em sua não só fisicamente, mas também financeiramente, porque depois você pode se arrepender.

————————————————— Se você gosta de meus artigos e deseja manter-se em contato, o mais fácil é através da Newsletter que enviamos periodicamente, e para o qual você se inscrever a partir de aqui. Obtenha gratuitamente o guia “30 maneiras de compra que funciona”.

–>

Como escolher portátil

Em suma : em qualquer caso, como eu fiz no ano passado, quando comprei meu primeiro (e único) de meu laptop ! Depois de tudo que eu não estou reclamando, porque ele me ajudou a ganhar algum dinheiro, e posts para este blog, nele eu escrevo… Mas para dizer a você.

As coisas foram, inicialmente, como o livro é sobre uma soma de dinheiro é muito importante, eu decidi seguir passo a passo as etapas de um processo de tomada de decisão de compra, como eu tinha estudado há algum tempo para dominar.

Bem, eu comecei um documento do word no que escrever, em primeiro lugar, sobre o aspecto da necessidade não satisfeita, pois eu sabia muito bem porque eu precisava de um laptop. Mas comecei a procurar informações e alternativas de entre os associados que se pode gabar de anos com uma jóia.

Então eu descobri que a Dell, que são sólidas, mas um pouco caro a menina do orçamento que tínhamos eu, como aparelhos da Toshiba, que são de confiança, mas a falta de algumas funcionalidades, como a Acer websites tem uma boa relação qualidade-preço, como o HP web sites que foram laptops muito OK e eles tinham preços decentes… eu comecei a ser cuidado e comerciais, especialmente aqueles que anunciou algumas promoções.

Eu pedi ajuda, para identificar corretamente as minhas necessidades : eu não estou jogando, eu não assistir a filmes muito raramente, por isso ele não era realmente o mesmo precisa de um cartão de gráficos de desempenho. Em vez disso, eu tinha que usar muito e muito, por isso parece um produto mais confiável. Eu não estou interessado em qualquer forma de aspecto (da minha parte poderia ser… roxo, mas eu teria preferido não ser). Eu queria que em vez de ter um teclado mais próximo possível à de um desktop, um bom processador e uma memória boa.

Há um orçamento máximo de 1800, no pior caso, de 2000 lei no que era para eu cair. Juntamente com o nosso amigo Michael, com quem ele já tivesse sido de cerca de 5 laptops, eu fiz uma grande lista de produtos. Eu procurei muitas lojas online para se ter uma idéia sobre o que existe no mercado, mas também sobre os preços. Eu tenho visto como, pelo menos no caso das lojas mais grave do que comprar os computadores, o processo de deciozional, o que me parecia tão complicado, quando eu estudava no colégio, poderiam ser resolvidos (quase) em poucos cliques, com a ajuda de filtros existentes nos sites.

Declick o produto quando eu percebi que é melhor ir na loja e ver e os meus olhos o que eu comprar. Mas… o vendedor me convenceu a tomar um outro modelo – ironicamente, um computador laptop barato – para não ter o sentido de dar tanto dinheiro (eu parei em um modelo em torno de 1700 lei). E eu, Yulia o cérebro, sempre racional e que colocar tudo na balança e deixar rígido de seu… eu aceito.

Má sorte supremo tive que ir nesse fim de semana e não abrir em todos os estimados Goguta de terça-feira, quando eu descobri que não era exatamente o que eu queria : ele tem dois pixels faltando, e apenas duas portas USB, que para mim não são suficientes. Enfim, eu queria devolvê-lo e veio a bomba : não podemos. Apenas no caso de compras de uma loja online, você pode devolver o produto sem perguntas, no prazo de 10 dias de sua compra.

Obviamente, a avaliação de pós-compra uma espécie de deu-me menos. Me-eu aprendi minha lição, mas eu paguei um pouco caro.

————————————————— Se você gosta de meus artigos e deseja manter-se em contato, o mais fácil é através da Newsletter que enviamos periodicamente, e para o qual você se inscrever a partir de aqui. Obtenha gratuitamente o guia “30 maneiras de compra que funciona”.

–>

O custo total de cada coisa que você comprar

É uma perspectiva diferente da que mundo pequeno é pensar – embora, felizmente, eu tenho visto muitas pessoas que o fazem, e com muito cuidado, especialmente para certos produtos, de serviços ou de mercadorias.

Quando você comprar uma casa, eu acho que o seu preço está no contrato, digamos, 55.000 euros. Mas o meu conselho é não comprar antes de eu calcular o custo total. O custo total é composta, principalmente, do preço da casa custos de empréstimo (isso inclui juros, comissões e quaisquer outros montantes que pago com o crédito, respectivamente).

Mas não é só isso. Todo este custo entra:

um valor que você acha que você passa a trazer para o palco com que você se sinta confortável (despesas de renovação)
impostos e taxas anuais que você paga (ainda são pequenos na Roménia, mas isso não significa que eles serão pequenos e mais de 5 ou 10 anos)
assegurar anual – o obrigatório e o facultativo, se você decidir optar por este tipo de seguro

Outro custo mais tarde, que não vai entrar no custo da habitação, mas que é fundamental para manter em mente, é um dos utilitários. Quando estávamos procurando um apartamento, uma das coisas que eu estava a estudar, foi a pintura do andar de baixo, para manutenção. Nós estávamos interessados em tanto o número restan?ierilor, e o valor da manutenção.

Você não sabe se o compra vai ser como no inverno, mas você começa a idéia mantendo os custos para cada apartamento assisti (assistindo, obviamente, como um média – a família da qual colhemos o apartamento consumir 14-16 metros cúbicos de água quente mensal, e eu sabia que não havia maneira de gastar muito, então, eu deixei cair cerca de 150 lei do custo provável para nós). Em geral, temos visto que há blocos que têm clara de manutenção mais elevados e, mesmo que se parece uma coisa trivial, uma manutenção de 7 a 10 milhões no inverno, como eu tenho ouvido muitas vezes, pode ser pesado.

Da mesma forma, você pode calcular o custo total da máquina de calcular os custos de empréstimo ou locação, se você vir uma dessas opções e estimativa de custos para o seguro de que eles podem subir muito alto, eu entendo), impostos e quaisquer outros impostos relativos ao carro terá que pagar para adquiri-los.

Como no caso de apartamento, o custo que tem que manter em mente é que, de combustível. Um caso concreto em que o conheci, é de um jovem que herdou uma quantia em dinheiro e correu para comprar um carro caro, mas com um consumo muito elevado. Receitas não permitir que ele use-a apenas em raras ocasiões, o consumo a ser o dobro de um carro médio (mesmo que este não podia, na verdade, um salário de 1100 lei, mas de qualquer maneira, se era de 10 e 20.000 euros e o carro teria tido anos de dinheiro e combustível, se não passou, e o resto). É um extremo, mas você começa a idéia.

É válido para qualquer item comprado com cartão de crédito. Eu não posso dizer que um frigorífico tem um custo de 2.000 lei, quando você retornou o banco de 5.500 lei. Você vai deitar em você! E quando você pensa sobre isso, na frente de uma ordinária, frigorífico, este Produto vai custar-me de 5.500 lei, você pode pensar melhor.

Se você levar em conta o valor do seu tempo, sobre o qual falei recentemente, e você vai pensar Para a geladeira ele vai trabalhar 3 meses, mas se você pegar o dinheiro que eu iria trabalhar apenas um mês para ele como possível encontrar uma variante para evitar de crédito. Todos os frigorífico, obviamente, a conta da classe de consumidor, que é obrigado a ser econômica.

No mesmo princípio, quando um computador você tem que pensar sobre os custos de um potencial de crédito (eu espero que você não faça ninguém de crédito para geladeiras, microondas ou computadores, mas eu sei que na realidade isso acontece), mas também os custos dos programas que você instalar, mesmo para uma moto de crédito, custos de manutenção, os custos de quaisquer melhorias que você faz ou até mesmo a reparos), uma máquina de lavar roupa ou qualquer outra coisa que você comprar.

Foto fonte: Stuart Milhas / FreeDigitalPhotos.net

————————————————— Se você gosta de meus artigos e deseja manter-se em contato, o mais fácil é através da Newsletter que enviamos periodicamente, e para o qual você se inscrever a partir de aqui. Obtenha gratuitamente o guia “30 maneiras de compra que funciona”.

–>

Pacote de Grandes Compositores grátis para qualquer fim

Apenas hoje, qualquer ordem de Elefante você irá receber e Pacote de Grandes Compositores livre. O pacote vale 39 lei e contém três volumes:

Beethoven
Rossini / Verdi
Mozart

O pacote é obtida para qualquer comando válido, independentemente do seu valor. Além disso, uma série de livros aureduceri muito grande, de até 95%, e superior a 250 mais amados livros infantis têm um desconto de até 75%.

————————————————— Se você gosta de meus artigos e deseja manter-se em contato, o mais fácil é através da Newsletter que enviamos periodicamente, e para o qual você se inscrever a partir de aqui. Obtenha gratuitamente o guia “30 maneiras de compra que funciona”.

–>

O desafio de 52 semanas… em 3 variantes

É o começo do ano e eu acho que todos nós estamos dispostos a tentar algo novo, de fazer algo para cada área de nossas vidas, incluindo o financeiro.

É por isso que eu decidi dedicar esta primeira semana ativa do mês de desafios – dois na verdade, um dos meses, que se refere a leitura em conjunto de livros na área de finanças e desenvolvimento pessoal (de 12 até o final deste ano) e hoje, graças a que teremos no final do ano na conta ou mealheiro a soma de 1378 lei/euros/dólares (depende de qual moeda você decidir aceitá-lo – eu sei que tenho leitores de todas as áreas).

Eu já sei que quem lê o blog Salvar não olhe para o lado financeiro como quem sabe que sorte que se afasta de nós não sabemos para onde, mas como algo que é construído, dia a dia, mais ou menos, dependendo das possibilidades, aproveitando-se, obviamente, as oportunidades que surgem ao longo do caminho (sim, ganhar na loteria pode ser um deles), e este tipo de desafio cai exatamente nessa idéia.

Mais pessoas me escreveram sobre ele, assim, no início dos últimos anos, e esses dias ele me perguntou se eu aplicar. Bem, eu acho que 2015 é o momento em que, até agora eu tinha um formulário para coletar 1 leão no dia as notas 5 lei de alteração de fora de seus bolsos (em particular), mas não foi algo organizado, muito bem, eu não sei os resultados, como acontece neste desafio.

Para ser muito honesto, eu nunca fui com ele, porque ele pareceu-me um pouco, eu simplesmente direcionar um percentual de sua renda para a poupança, e eu estou tentando manter as coisas simples, eu já tenho uma disciplina e para levantar o dinheiro em um frasco parecia-me que, para iniciantes.

Eu decidi testá-lo quando eu percebi que as coisas que eles fazem pode influenciar um monte de pessoas, que muitas pessoas que me lêem não sabem realmente o que fazer e como empurrar o botão para iniciar ou reiniciar com êxito.

Quando eu pensei mais a sério, no entanto, percebi que quase 1.400 lei não devem ser ignoradas, pelo menos para mim, que eu, certamente, por que a eles direta e eu vou beneficiar deste desafio, que eu estou lançando hoje para quem quer se juntar a mim.

Qual é o desafio para 52 semanas?

Na verdade, você deve ter para começar: definindo este desafio. A ideia é coletar uma certa quantia de dinheiro ao longo de 52 semanas, como tem um ano.

Para todas as variantes, você precisa de um frasco de vidro, uma folha e um papel. Se você tiver uma impressora acessível, o que é ainda melhor.

Na versão clássica do desafio e o primeiro dos 3 eu vou falar aqui, colocar no frasco, a cada semana, como muitos de uma soma de dinheiro: você começa com um leão e adicionar um leão a cada semana. Frango para um leão na primeira semana, 2 lei, no segundo, de 3 leões na terceira semana e assim por diante, na semana de número 52, você vai chegar a 52 lei.

No final do ano, você tem o jarro fixo 1378 lei, uma quantidade insignificante e fechar sem muito esforço (pelo menos nas primeiras semanas).

Vantagens para esta opção: as coisas lentamente começam. 1 leão por semana, ou 2 ou até 10 têm os valores que você realmente não senti-los. A grande vantagem é que você acostume-se a ele devagar-devagar com a idéia de fazer algo para você, para reunir algum dinheiro, e quando os montantes começar a ser algo maior, você já tem um pouco de treinamento.

As desvantagens da versão clássica: as Últimas semanas são um pouco difícil, especialmente para pessoas que têm um rendimento mais baixo. Basicamente, com fio, com cerca de 250 leões no mês de dezembro, exatamente quando você precisa de algo mais dinheiro disponível para as várias despesas relacionadas com as férias de inverno.

Pensando exatamente que, como eu sempre digo, nós não somos todos iguais e não temos o mesmo rendimento e despesas, eu cheguei a considerar outras opções para este desafio de 52 semanas, e eu encontrei mais dois (um que já existe na net, a segunda é a criação de seu próprio eu acho).

O convite é para escolher o que mais lhe convier, tendo em conta as vantagens e desvantagens de cada um, o que eu tentei fazer a declaração mais clara possível.

Opção dois tem o desafio de 52 semanas: o invertido

Obviamente, teremos como resultado o valor de 1378 lei, a diferença é que nós começar com o encontro 52 da lei e vai terminar em dezembro, com 4, 3, 2 ou um leão.

As vantagens da variante: vamos passar em primeiro através do difícil período, e em janeiro e fevereiro temos, talvez, algo menos despesas, porque ser fria e passar mais tempo na casa, há menos tentações (eu disse talvez para que levar em conta o fato de que, para algumas famílias, especialmente, os custos de manutenção nos meses de inverno é pesada e é menos importante do que as possibilidades de diversão são limitadas).

Ainda que algumas pessoas se sentem melhor quando fazem as coisas rígido em primeiro lugar, deixando a parte mais fácil para o final.

Como uma idéia, a opção 2 podem ser úteis, e se você tiver proposto como objetivo exatamente para cobrir as despesas com as Férias, $ 10 elevado em dezembro pode ser uma quantidade insignificante. 1350 lei no mealheiro pode livremente cobrir os presentes de Natal e até mesmo jantar de Natal, especialmente se estamos organizados e atravessamos a grande parte das compras para a Black Friday, por exemplo.

Variante de três: o de distribuição igualmente

Esta é a versão que eu nunca encontrei em qualquer outro site e eu pensei que eu, porque eu sei que há muitas pessoas para as quais a soma de 40-50 lei, que deve estar próximo de várias semanas, é um dos grandes.

Eu simplesmente dividida a soma de 1378 lei em 52 semanas, sendo o resultado 26,5 € /semana. Se você não quer confusão com as moedas de 50 dinheiro, você pode ir em 27 de lei/semana, reunindo desta forma, um pouco mais de 1400 lei.

Vantagens: a distribuição igual ao valor significa menos esforço para cada semana em parte. A faixa também está mais fácil, as coisas parecem mais simples do que forma. É a melhor solução para as pessoas que têm rendimentos muito baixos e para quem vai ser mais difícil para reunir 40-50 lei por semana.

Desvantagens: é uma longa estrada e iguais, pode parecer chato para alguns. Ele começa desde o início, com um montante que, se a receita não é muito alto, isso pode parecer muito grande na economia de um orçamento já limitado.

Eu digo que o esforço não é enorme (obviamente, tudo depende do tamanho da receita) e que, no final, eles se reúnem uma quantidade não desprezível para ninguém.

Então… eu convido você para tentar soltá-lo mesmo como um desafio. Eu espero que você me diga nos comentários ou mesmo para escrever no blog, que a opção escolhida.

Como para mim, eu vou optar pela última das variantes, pois parece-me mais simples, incluindo como logística e pelo menos para mim, as coisas mais simples têm mais chance de sucesso.

Eu já colocou 27 lei no frasco, e esta sexta-feira eu vou adicionar na próxima 27 (eu escolhi o dia de sexta-feira para que … o que eu mais gostei, mas parece-me importante ter um dia fixo para este dia, seja o que for, para ir em uma rotina).

O dinheiro que eu uso para pagar um curso ou seminário, que considero úteis para a minha viagem. Quem sabe, talvez eu vá para um seminário de Robert Kiyosaki o próximo ano…

Foto fonte: Stuart Milhas/FreeDigitalPhotos.net

PS: eu Sei que este ano, na verdade, tem 53 semanas. No último, mas dizer que é melhor relaxar e esquecer o dinheiro. Ou, talvez, para passar de uma parte dela. Uma pequena parte ??

PS 2: enquanto eu estava andando nos blogs, o meu amigo que eu encontrei este artigo de CristineiC, que já está no trabalho, E este artigo do Ina, o que nos mostra e os resultados do ano passado (ela combinados e com um leão em dia, a soma levantadas sendo, obviamente, um maior). Ina encontrar e a tabela para a versão clássica, que começa com 1 leu/semana, 53 semanas e no idioma romeno

As pessoas são colocadas no trabalho, o que menos importa de onde vem o desafio (lá por anos em blogs estrangeiros, como eu disse). Me feliz ??

————————————————— Se você gosta de meus artigos e deseja manter-se em contato, o mais fácil é através da Newsletter que enviamos periodicamente, e para o qual você se inscrever a partir de aqui. Obtenha gratuitamente o guia “30 maneiras de compra que funciona”.

–>

Independência financeira: o caminho do meio

Iniciei uma série de artigos sobre a independência financeira se aproximando, rapidamente, facilmente, final. Para entender melhor este artigo, meu conselho é começar com a leitura de os cinco primeiros desta série:

Sobre a independência financeira como o objetivo

O longo caminho em direção à independência financeira (I)

Além dos artigos sobre independência financeira

O longo caminho em direção à independência financeira (II)

Independência financeira: a história de um pescador

Eu estava dizendo no final do artigo que expõe a história de um pescador, que ele me fez, vou fazer uma série de perguntas. Gostaria de saber se eu (ou outras pessoas) que queremos a qualquer preço, a independência financeira, ou queremos viver, mesmo em tenra idade, em um clima de calma, passar tanto tempo em companhia da família, fazendo o que amamos? E se o plano descrito não se aproximará da realidade do dia-a-dia, que são de baixa renda e gastos muitos, não há um meio-termo, uma versão intermediária para cada caso, em parte, ou pelo menos para uma parte das pessoas que me lêem?

Então eu comecei a pensar de uma parte de nós (e eu estou incluído nessa parte), a solução não é necessariamente para encontrar uma maneira de aumentar o suficiente meios para o suporte a uma certa idade, mas um meio através do qual podemos fazer o que gostamos, mas também para apoio do que fazemos.

Talvez tudo o que um sonho negrito é, mas eu vi tantas pessoas que tenham iniciado a partir de um sonho e eles conseguiram… as Pessoas que vivem na artesanais, a partir de um pequeno negócio próprio, com a venda de legumes em casa, na escrita… E que pode muito bem fazer isso e 50 anos de idade, e 60 e, mais tarde, se eles são saudáveis, obviamente, quase sem sentimento de que o trabalho.

Outro meio de campo é encontrar soluções para um adicional ao que temos. Outro meio termo é auto-suficiente, o qual pode ser obtido movendo-se para o país.

Um meio que me parece perfeitamente viável para um monte de pessoas está cheio de pagamento do apartamento, se ele comprou através de um empréstimo bancário, e a construção de um pequeno de famílias no país. Às vezes, a família, o país pode ser a casa dos seus pais, caso em que haverá um esforço financeiro muito grande.

Ou, se essas pessoas já estão vivendo no país, pode-se encontrar uma solução para um pequeno imóvel arrendado para a cidade. Ou, para quem não está disposto a permanecer no país, ele pode ir em um pequeno apartamento para viver a velhice e alugar a sua própria habitação.

O que eu quero dizer é que, para cada existe um caminho do meio. Que mesmo que eu não estava 100% feliz com os cálculos que eu fiz, no sentido de que eu não acredito que tudo se encaixa em nosso estilo. Mas eu vou mantê-los em mente, porque é um modelo que não é possível operar, com tudo o que foi extremamente muitos se na frente.

Espero que estes artigos serão pedimos que você pergunte a si mesmo e vai ajudar você a encontrar e uma resposta de seu próprio. E eu sei que uma parte de você você vai fazê-lo e você vai se surpreender até mesmo os resultados que você terá.

————————————————— Se você gosta de meus artigos e deseja manter-se em contato, o mais fácil é através da Newsletter que enviamos periodicamente, e para o qual você se inscrever a partir de aqui. Obtenha gratuitamente o guia “30 maneiras de compra que funciona”.

–>